Os trabalhadores da Direção-geral do Orçamento vão estar em greve nos três dias anteriores à entrega do Orçamento do Estado.

Os trabalhadores decidiram avançar com uma paralisação nos próximos dias 12, 13 e 14.

Como a data limite para a entrega do orçamento é o dia 15, ou seja de amanhã a uma semana, o prazo legal pode estar ameaçado.

Os trabalhadores da Direção-Geral do Orçamento sentem-se discriminados face aos restantes funcionários da administração pública. Querem melhores condições de trabalho e melhores salários.

Os funcionários da Direção-Geral do orçamento estiveram em greve na quarta-feira passada.