O ministro da Economia lidera a partir de segunda-feira uma missão ao Brasil para promover as empresas portuguesas e captar investimento e onde terá encontros com a Embraer, InterCement, e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

O ministro da Economia, António Pires de Lima, que estará em visita de trabalho ao Brasil até quarta-feira, parte já hoje para São Paulo, o primeiro destino da viagem, acompanhado pelo secretário de Estado adjunto e da Economia, Leonardo Mathias, e pelo presidente da AICEP, Miguel Frasquilho.

Em São Paulo, Pires de Lima reúne-se logo na manhã de segunda-feira com o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e depois com empresas brasileiras de diversos setores.

Segue-se ainda antes do almoço uma reunião do ministro e comitiva com a direção executiva da InterCement, empresa brasileira de capital privado controlada pela Camargo Corrêa, que adquiriu a Cimpor em 2012, assumindo o controlo da cimenteira portuguesa.

Às 13:00, é a vez do jogo Portugal-Alemanha, a que Pires de Lima e a comitiva vão assistir na companhia de personalidades da comunidade portuguesa, nas instalações do Consulado Geral em São Paulo.

O fim do dia será marcado por reuniões com empresários portugueses e termina com um jantar de trabalho com o presidente da Caixa Geral de Depósitos do Brasil, Henrique Cabral de Menezes, investidores e empresários.

Na terça-feira, Pires de Lima inaugura o «Centro Mais Negócios», na Câmara Portuguesa de São Paulo, e desloca-se a São José dos Campos para uma visita de trabalho à sede da Embraer, a terceira maior construtora aeronáutica do mundo, que tem duas fábricas em Évora, a funcionar desde julho de 2012.

No terceiro e último dia da viagem (18 de junho), a missão ruma para sul, até à Foz do Iguaçu, onde o ministro e a comitiva visitarão a barragem de Itaipu, a maior geradora de energia limpa e a segunda maior barragem do mundo.

Os responsáveis terão também reuniões com autoridades locais, o Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel (CEIIA) e outras entidades institucionais.

O CEIIA vai apresentar o «Laboratório de Mobilidade Inteligente» e Projeto VEI «Veículo Elétrico Inteligente».