As vendas de automóveis em Portugal aumentaram 29,5% em setembro, em relação ao mesmo mês do ano passado, tendo sido vendidos 15.534 veículos, informou esta quinta-feira a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

De acordo com um comunicado da ACAP, em termos acumulados, nos primeiros nove meses deste ano foram vendidos em Portugal 162.465 veículos automóveis, ou seja, mais 27,9% do que no período homólogo de 2014.

Apesar da subida, a ACAP salienta que o volume de vendas registado no mês de setembro continua 5,2% abaixo da média dos últimos 15 anos.

O mercado de veículos ligeiros (ligeiros de passageiros e comerciais ligeiros) teve um crescimento de 30% em setembro relativamente ao mesmo mês de 2014, ascendendo a um total de 15.138 veículos desta categoria.

Até ao final de setembro, o mercado de ligeiros atingiu as 159.551 unidades, o que correspondeu a um crescimento homólogo de 27,7%.

A venda de automóveis ligeiros de passageiros aumentou 30,1% em setembro, em termos homólogos, com a venda de 12.624 unidades.

Apesar do escândalo em que está envolvida, a Volkswagen foi a terceira marca a vender mais automóveis ligeiros de passageiros em setembro, com um total de 1.159 unidades vendidas, o que corresponde a um crescimento de 23,4% nas suas vendas relativamente a setembro do ano passado.

A Volkswagen admitiu, na semana passada, que 11 milhões de carros a diesel em todo o mundo estão equipados com dispositivos que ativam controlos de poluição durante os testes, mas automaticamente os desligam quando o carro está em condução.

Ainda segundo os dados da ACAP, no mercado de veículos pesados de passageiros e de mercadorias, o acréscimo de vendas atingiu os 13,8% em relação ao mês homólogo do ano anterior, tendo sido comercializados 396 veículos desta categoria.

Nos primeiros nove meses deste ano, as vendas atingiram as 2.914 unidades, o que representou um acréscimo do mercado de 37,3% relativamente ao período homólogo de 2014.