A TAP notificou, nesta quinta-feira, a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) relativamente às condições de venda da transportadora aérea e as alterações na estrutura acionista do consórcio.

“A TAP notificou hoje a ANAC”, disse à agência Lusa fonte da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP).

A 13 de outubro, a Autoridade Nacional da Aviação Civil deu parecer positivo à venda da TAP ao consórcio Gateway, mas pediu esclarecimentos sobre a estrutura acionista do consórcio comprador, para verificar se ela é controlada pelo português Humberto Pedrosa, como as regras europeias impõem.

A ANAC tem agora de dar um parecer definitivo sobre a venda da companhia aérea.

A Parpública anunciou no dia 12 a assinatura do acordo de conclusão da venda direta de 61% do capital da TAP ao consórcio Gateway, detido pelos empresários Humberto Pedrosa e David Neeleman.

Na sequência do acordo de conclusão de venda, uma informação da empresa divulgada aos funcionários indicou que Fernando Pinto continua a presidir à comissão executiva da TAP, enquanto o empresário português Humberto Pedrosa vai liderar o conselho de administração nos próximos três anos.