O défice público da zona euro, em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), desceu ligeiramente no terceiro trimestre de 2013, para 3,1%, e atingiu os 3,5% no conjunto da União Europeia, revela o Eurostat.

O gabinete oficial de estatísticas comunitário publicou hoje pela primeira vez um boletim trimestral (relativo aos meses de julho, agosto e setembro) com as receitas, despesas, excedente e défice públicos governamentais dos países do euro (18) e da União Europeia (28).

De acordo com o Eurostat, neste período, o rácio do défice público em relação ao PIB ficou nos 3,1% na zona euro, em baixa face ao segundo trimestre, no qual se estabeleceu nos 3,3%.

Entre os 28 Estados-membros, o rácio de dívida pública subiu uma décima, de 3,4% para 3,5%.

O Eurostat refere que este novo «euro-indicador» visa «fornecer uma avaliação das tendências num prazo mais curto ao nível das receitas das administrações públicas, das despesas e dos excedentes/défices da zona euro e da União Europeia».

Os dados sobre o quarto trimestre de 2013 serão publicados a 24 de abril de 2014.