O Santander confirmou esta quarta-feira à Lusa que está a negociar a venda do controlo dos seguros que tem em Portugal à holandesa Aegon, numa operação idêntica à realizada em Espanha.

A aliança dará à Aegon 51% do controlo do negócio de seguros em Portugal, que serão divididos em duas empresas, uma para seguros de vida e outra para seguros não vida, ficando o Santander Totta com 49%, revelou a mesma fonte.

Escusou-se, no entanto, a revelar à Lusa qual o valor da operação ou a data da concretização da mesma, argumentando que esta «está numa fase de implementação».