O governo dos EUA anunciou hoje que estava disposto a abandonar o seu papel central na atribuição dos nomes de domínio na internet, em benefício de uma governação global.

O Departamento do Comércio indicou, em comunicado, que ia convocar «as partes interessadas em todo o mundo para refletir em pistas» que permitam retirar o papel central ao Governo norte-americano no funcionamento do ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), o regulador mundial da internet encarregado de validar os nomes dos domínios.