O Algarve registou um aumento de quase 7% nos proveitos totais do turismo nos primeiros sete meses de 2013, face ao período homólogo, com os turistas irlandeses, alemães e britânicos a serem os principais responsáveis pela subida.

O turismo do Algarve registou um crescimento até julho «de quase 7% nos proveitos totais face ao mesmo período de 2012», lê-se no comunicado de imprensa enviado pela ERTA à comunicação social e que cita dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os irlandeses, alemães e os britânicos foram os maiores responsáveis por aquela subida entre janeiro e julho, lê-se na mesma nota de imprensa, citada pela Lusa.

Segundo a ERTA, o Algarve ganhou «em todos os principais indicadores turísticos nos primeiros sete meses do ano, com uma variação homóloga de 3,2% de hóspedes, 4,5% de dormidas e de 6,6% de proveitos totais».

Dados da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), principal associação de hotelaria da região, avançam que se registou no mês de agosto passado um aumento de «1,4% na taxa de ocupação média por quarto na hotelaria do Algarve», que rondou os 90%.

Os dados oficiais do mês de agosto ainda não estão, contudo, disponíveis no INE.

O Aeroporto Internacional de Faro movimentou, entre junho e agosto, mais 138.730 passageiros do que em período homólogo em 2012, tendo circulado um total de 2.455.489 de passageiros entre junho a agosto.