A vereadora da Câmara de Coimbra responsável pelo pelouro do Turismo, Carina Gomes, disse esta segunda-feira que a cidade registou no ano passado um aumento de 19,2% no número de turistas estrangeiros, em relação a 2013.

A percentagem diz apenas respeito ao número de visitantes que se deslocaram aos postos de turismo da cidade, sublinhou a autarca, admitindo que este cálculo não é muito rigoroso, mas peca por «defeito», pois nem todos os visitantes frequentam os postos de informações turísticas.

Atualmente estão em funcionamento três postos de turismo em Coimbra, um na Baixa da cidade (Largo da Portagem) e dois na Alta (Praça da República e Universidade).

Entre janeiro e dezembro de 2014, Coimbra recebeu mais de 93 mil visitantes estrangeiros, que representam um acréscimo de cerca de 19% em relação ao ano anterior, sublinhou a vereadora, na sessão quinzenal do executivo municipal, que está a decorrer na tarde de hoje.

Os espanhóis foram, em 2014, tal como no ano anterior, os estrangeiros que visitaram Coimbra em maior número, representando perto de 32% do total de estrangeiros que se deslocaram a esta cidade em 2014.

Seguiram-se os franceses (com cerca de metade da quantidade de espanhóis) e os brasileiros (9,3% do total de estrangeiros), tendo o mercado francês aumentado mais de 29% (em relação a 2013) e o brasileiro 2%.

A Alemanha é quarto mercado de turistas estrangeiros de Coimbra, com perto de 6.500 visitantes (mais 11,5% que em 2013), seguindo-se Holanda, Itália e Reino Unido. Este último foi o único mercado que decresceu para cerca de 2.500 turistas (menos cerca de 15% em 2014), adiantou à agência Lusa, à margem da reunião, a vereadora Carina Gomes.

Os visitantes portugueses aumentaram mais de 10% em relação ao ano anterior, sendo 80% oriundos das regiões Centro, do Norte e de Lisboa e Vale do Tejo, acrescentou a autarca.

O mês de agosto foi aquele durante o qual, em 2014 e à semelhança do ano anterior, maior número de visitantes registou (perto de 25 mil turistas), seguindo-se julho e setembro, com cerca de 15 mil e 13.500 turistas, respetivamente, em contraste com janeiro, fevereiro, novembro e dezembro.

O total destes quatro meses não chega aos seis mil turistas.