A FIFA já vendeu 11.509 bilhetes a adeptos portugueses para o Campeonato do Mundo de futebol, que vai decorrer no Brasil entre 12 de junho e 13 de julho, disse a diretora de mercados internacionais da Embratur.

Em declarações à Lusa no âmbito da BTL Feira Internacional do Turismo, a diretora de mercados internacionais do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Leila Holsbach, afirmou que, até este momento, e excluindo as vendas em termos empresariais, foram vendidos 11.509 bilhetes a adeptos portugueses no total, sem discriminar por jogos.

Já hoje, a FIFA anunciou que, «nas primeiras cinco horas após o abertura do segundo período da segunda fase de vendas, 203.330 ingressos para o Campeonato do Mundo foram alocados para adeptos do Mundo», tendo os cinco países com «maior número de bilhetes solicitados sido o Brasil (143.085), Estados Unidos (16.059), Austrália (5.357), Colômbia (4.574) e Argentina (3.800)».

Em relação ao setor, Leila Holsbach disse que a Embratur tem expectativa de uma «recuperação pequena» do mercado português, sublinhando que o Brasil registou um «crescimento grande» de entradas de turistas no ano passado.

A diretora de mercados internacionais da Embratur realçou a importância da transportadora aérea TAP para o Brasil, que tem vindo a diversificar as rotas entre os dois países, para além dos tradicionais Rio de Janeiro e São Paulo.

Assim, Leila Holsbach, que apresenta na BTL o destino Amazonas, recordou que a seleção portuguesa vai defrontar os Estados Unidos a 22 de junho na capital estadual, Manaus.

«Portugal é o 10.º principal emissor mundial de turistas para o Brasil, o quarto maior da Europa e é também o país europeu com maior oferta de voos para o Brasil», lembra a Embratur, em comunicado.