O operador turístico TUI vai passar a realizar dois voos semanais entre a Holanda e três ilhas dos Açores no verão de 2016, estreando a rota para o Pico, um anúncio que agradou ao poder local e regional.

“Vamos operar com o Boeing 737-800, com 183 lugares, duas vezes por semana, oferecendo um total de 9.881 lugares entre Amesterdão e os Açores”, afirmou o diretor da TUI, Luc Lentjes, em conferência de imprensa em Ponta Delgada, acrescentando que os voos vão decorrer às segundas e sextas-feiras.

Há dez anos no mercado dos Açores, a TUI já voa entre a Holanda e as ilhas de São Miguel e Terceira, estreando entre abril e outubro de 2016 a rota para o Pico, o que significa mais 15% da capacidade de oferta do operador para o arquipélago.

Segundo Luc Lentjes, a escolha da nova rota prendeu-se com pedidos dos clientes da TUI em explorar também as mais pequenas ilhas dos Açores e com o facto de a partir do Pico se poder chegar a outras ilhas de barco, como o Faial e São Jorge.

Para o secretário regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, esta nova operação “é mais um passo para a consolidação do destino Açores”, com a vantagem de “abrir uma nova porta de entrada no arquipélago, cujos benefícios se vão estender a outras ilhas do grupo central”.

“A Holanda é um mercado consolidado, onde a região tem vindo a investir, e continuar a aposta é maximizar o retorno que se obtém”, referiu o governante, sublinhando que em causa estão cerca de 60 mil dormidas com a nova rota, sendo “a primeira vez que um operador privado entra diretamente pelo Pico”.

Também o presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico, que assistiu à apresentação, considerou o início das viagens entre Amesterdão e o Pico “uma grande notícia” para a ilha e para o Triângulo (designação dada ao conjunto das ilhas do Pico, Faial e São Jorge).

Mark Silveira recordou que o concelho tem o maior índice de alojamento turístico rural na ilha e sublinhou que, seguramente, parte dos turistas holandeses vão pernoitar nesses empreendimentos, pelo que o impacto financeiro será importante para a economia local.