A hotelaria na região de Lisboa contabilizou em 2013 mais de 10 milhões de dormidas num único ano, o que aconteceu pela primeira vez, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) citados pelo Turismo de Lisboa.

Em comunicado hoje divulgado pelo Turismo de Lisboa, é sublinhado que o valor de 10,067 milhões de dormidas representa uma subida de 6,6% relativamente a 2012.

«Em consequência, os proveitos totais de Lisboa subiram 8,5% para 587 milhões de euros», lê-se no texto, que acrescenta que durante 2013 o Porto de Lisboa bateu um recorde de passageiros de cruzeiros, ao registar a marca de 558.040 pessoas, mais 7% que no ano anterior.

O aeroporto de Lisboa ficou, pela primeira vez, acima dos 16 milhões de passageiros, ao registar um crescimento de movimento de 4,6%.

O presidente adjunto da Associação Turismo de Lisboa (ATL), Mário Machado, considerou estes indicadores como «resultado dos importantes investimentos em equipamentos e promoção».

Criada em 1997, a ATL é uma entidade privada sem fins lucrativos, que associa mais de 680 empresas e outras entidades relacionadas à economia do Turismo da região e com a missão de promover Lisboa como destino turístico.