"A 31 de agosto, a dívida da região mantém-se igual, a dívida das pousadas da juventude é agora de 400 mil euros e a dívida a fornecedores 1,4 milhões de euros", acrescentou.


"A seu tempo, o Governo Regional vai definir um conjunto de regras. Tenho a certeza de que não fará parte dos objetivos entrar em concorrência desleal com os privados, nem arruinar essas empresas. É possível aperfeiçoar, melhorar, introduzir novas metodologias no transporte da carga rodada nos Açores", sublinhou.