A agência de notação financeira Standard & Poor¿s anunciou hoje que elevou em um nível o rating da Irlanda, de «BBB+» para «A-», para uma melhor categoria no grau de investimento, com perspetiva positiva.

No relatório entretanto divulgado, a agência de notação financeira justifica esta melhoria com o facto de o país estar a «realizar bons progressos no controlo da sua crise bancária, que durou seis anos».

Por outro lado, a Standard & Poors estabelece um «outlook» positivo [perspetiva positiva], o que poderá significar uma nova subida da classificação da dívida de longo prazo da Irlanda, nos próximos meses.

O relatório refere igualmente que a Standard & Poors elevou as projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da Irlanda de 2% para 2,7%, para 2014-2016.

Tal reflete «a nossa expetativa de um forte desempenho externo, e duradouro, bem como de uma retoma sustentada da economia irlandesa», destaca a agência de notação.

O novo rating de «A-» atribuído à Irlanda situa-se quatro níveis acima do nível de «lixo» (BB+).

Em dezembro último, a Irlanda optou por uma saída limpa, depois de ter estado ao abrigo de um programa de ajustamento de três anos assinado entre o governo irlandês e a troika (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional), em 2010.