O ministro das Finanças da Grécia afirmou hoje que o país está a preparar o regresso aos mercados, com emissões de dívida de médio e longo prazo no segundo semestre de 2014.

«Estamos a preparar o regresso aos mercados no segundo semestre de 2014» e, «segundo o Organismo de gestão da dívida, proceder-se-á à emissão de obrigações a cinco anos», afirmou Yannis Stournaras numa entrevista publicada hoje no semanário grego Realnews e citada pela agência France Press.

Impossibilitada, desde o início da crise da dívida soberana, em 2010, e devido ao recurso ao programa de ajuda financeira da União Europeia e Fundo Monetário Internacional, de recorrer a emissões de médio e longo prazo, a Grécia apenas tem podido emitir ações do Tesouro a curto prazo.