A equipa da Direção-geral do Tesouro apresentou a sua demissão à ministra das Finanças.

De acordo com a edição desta terça-feira do jornal «Correio da Manhã» terá havido divergências entre a equipa de Elsa Roncon Santos e a nova ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque.

Fonte oficial do Ministério confirmou que a diretora-geral do Tesouro pediu para cessar funções, que o pedido foi aceite, e que Elsa Roncon dos Santos irá manter-se no cargo enquanto durar o concurso para a sua substituição.

Elsa Roncon Santos conhece bem a ministra (já desde longa data). Isto porque foi vogal do Conselho de Administração da Refer, responsável pela área financeira, na altura em que Maria Luís Albuquerque era diretora financeira da mesma empresa pública.

Elsa Santos, de 62 anos, está agora de saída ainda que tenha aceite «continuar à frente da Direção-geral do Tesouro até ser encontrado um substituto».

A diretora-geral demissionária é hoje ouvida na Comissão Parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro por Empresas do Sector Público, denominados Swap.