BPN poderá trazer (ainda) mais custos para o Estado