As ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa vão parar esta tarde, entre as 13:25 e as 16:20, devido a um plenário de trabalhadores, informou o grupo Transtejo, noticia a Lusa.

O plenário foi convocado pelos sindicatos representativos dos trabalhadores da Soflusa, empresa do grupo Transtejo que é responsável por aquela ligação.

O Governo lançou em maio a consulta pública para a concessão a privados das empresas Soflusa e Transtejo.

As duas empresas fazem parte do grupo Transtejo, que é responsável por todas as ligações fluviais no rio Tejo entre a margem sul e Lisboa e eram as únicas, das que vão ser concessionadas, que ainda não tinham sido alvo de uma consulta pública - período para surgimento de eventuais interessados.

A Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS) considera que o lançamento da consulta pública para a concessão a privados do grupo Transtejo é um "erro" que não vai resolver os problemas.

Além da Soflusa e da Transtejo, o Governo pretende concessionar também a Carris e o Metropolitano de Lisboa e a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto e o Metro do Porto.