[Notícia atualizada às 11h37]

Depois de um braço-de-ferro que se arrastava há meses, o Governo chegou a acordo com a maioria dos operadores privados de transportes para a divisão das receitas dos passes sociais. Só a Vimeca e a Scotturb - operadores de transportes rodoviários dos concelhos de Sintra, Amadora, Oeiras, Cascais e Lisboa - ficaram de fora.

O secretário de Estado dos Transportes confirmou à TSF que já há acordo com os restantes operadores - Transportes Sul do Tejo e Rodoviária de Lisboa - para o pagamento das dívidas aos operadores, referentes a 2011, 2012 e 2013 (cerca de 20 milhões de euros).

Em causa estão valores que o Estado deve pela repartição da receita dos passes pelos operadores privados e públicos.

Sérgio Monteiro faz ainda um apelo à Vimeca para que seja possível chegar a um entendimento.

O Governo espera entregar o acordo ao Tribunal de Contas até ao final de julho.