Por causa da greve o Metro de Lisboa vai fechar portas já a partir das 23:20 desta segunda-feira, informa a empresa em comunicado.

A paralisação de 24 horas foi convocada pela Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. O Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social decidiu não decretar serviços mínimos.

Como o metro vai estar encerrado, a Carris vai reforçar as carreiras, nomeadamente: 726, 736, 744 e 746.

“Este reforço será efetuado, entre as 06h30 e as 21h00 de 19 de maio, através da colocação em serviço de um número suplementar de autocarros, pelo que não será afetado o serviço normal”, sublinha a Metro de Lisboa.

Na semana que vem, a 26 de maio, está agendada nova greve dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa.