Os primeiros quatro voos diretos entre a China e Portugal estão "praticamente esgotados", avançou hoje à agência Lusa fonte da companhia aérea chinesa Capital Airlines, dois dias antes da inauguração da ligação direta entre os dois países.

Já no sentido inverso - entre Portugal e a China - a taxa de ocupação "ronda os 75%", detalhou fonte do departamento de marketing da Beijing Capital Airlines, subsidiária do grupo chinês HNA.

O voo, que terá três frequências por semana - quarta-feira, sexta-feira e domingo - entre a cidade de Hangzhou, na costa leste da China, e Lisboa, com paragem em Pequim, arranca na quarta-feira.

O protocolo, entre o Turismo de Portugal e o grupo HNA, foi assinado aquando da visita do primeiro-ministro, António Costa, à China, em outubro do ano passado.