O presidente do BPI diz que o elevado desemprego que existe atualmente em Portugal se deve ao facto de, durante muito tempo, o país ter criado emprego nas áreas erradas.

«Andámos a criar emprego nas áreas erradas», afirmou, em Lisboa, numa conferência organizada pela PLMJ, acrescentando que agora «não podemos chorar pelas consequências».

«Como é que o desemprego não iria ser alto se andámos a criar empregos anos e anos no setor dos bens transacionáveis, que agora temos de desmanchar? Andámos a criar emprego nas áreas erradas. É normal que a curto prazo haja desemprego», explicou.