A taxa de desemprego em Portugal caiu para 11,8% em dezembro de 2015, de 12,2% em Novembro, com menos 22,8 mil pessoas desempregadas, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

"A estimativa provisória da taxa de desemprego para Dezembro de 2015 situou-se em 11,8%, tendo diminuído 0,4 pontos percentuais (pp) face à estimativa definitiva obtida para Novembro de 2015," referiu o INE, em comunicado.

Adiantou que "a estimativa provisória da população desempregada para Dezembro de 2015 foi de 604,0 mil pessoas, o que representa um decréscimo de 3,6% face ao valor definitivo obtido para Novembro de 2015".


A estimativa provisória da população empregada foi de 4,5 milhões de pessoas, mantendo-se praticamente inalterada em relação ao mês anterior.

A taxa de desemprego dos jovens situou-se em 31%, menos 1,1 pp do que em Novembro.

Segundo o cenário inscrito no esboço do Orçamento de Estado (OE) para 2016, o Governo prevê que o emprego cresça 1% este ano, com taxa de desemprego a cair 1,1 pontos percentuais para 11,2%.

Portugal superou uma cavada recessão em 2014, ano em que terminou um doloroso resgate internacional, com a economia a expandir 0,9% esse ano e 1,5% em 2015.

Para 2016, o Executivo socialista prevê um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,1%.