A taxa de desemprego no Reino Unido desceu mais depressa que o esperado para 7,1% entre setembro e novembro, segundo dados hoje divulgados.

Nos três meses terminados em outubro, a taxa de desemprego no Reino Unido foi de 7,4%.

O Banco de Inglaterra, governado pelo canadiano Mark Carney, afirmou que poderia subir a taxa de juro de referência, atualmente no valor mínimo de sempre de 0,5%, quando a taxa de desemprego caísse para 7%.

«A taxa de desemprego entre setembro e novembro de 2013 caiu para 7,1% da população ativa», afirmou hoje o instituto de estatística num comunicado.

A diminuição do número de desempregados no Reino Unido em finais de 2013 foi maior do que a prevista pelos analistas.