A Alemanha é o país da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico onde se trabalha menos horas, segundo um relatório da organização divulgado esta quinta-feira.

Apesar de advertir que as comparações entre países podem estar enviesadas, porque os cálculos baseiam-se no total das horas trabalhadas, tendo em conta o número médio de empregados, as estatísticas mostram que o número de horas trabalhadas por funcionário na Alemanha reduziram-se nos últimos anos, o que não aconteceu no resto da Europa.

Por ano, os alemães trabalham um total de 1.371 horas. Portugal surge no 12.º lugar entre os que mais trabalham, com uma média de 1.857 horas por ano.  A Grécia é o país europeu com mais número de horas de trabalho, num total de 2.042 por ano.

Por cada dia útil, cada alemão trabalha, em média, menos de cinco horas e meia, enquanto um português trabalha por dia 7 horas e vinte minutos e um grego oito horas.

Além da Alemanha, Dinamarca, Noruega e Holanda, a França também pertence ao clube dos cinco países que trabalham menos de 1500 hora por ano.