O Governo quer incentivar o trabalho a tempo parcial dos mais velhos, apoiando simultaneamente a contratação de desempregados jovens ou de longa duração, escreve o Diário Económico. Neste processo, o trabalhador mais novo deverá ser acompanhado pelo mais velho.

O objetivo é promover o envelhecimento ativo e incentivar os trabalhadores seniores a prepararem a sua reforma, através da redução do seu horário de trabalho.

Esta é apenas uma das medidas que integram a proposta preliminar do Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego, que define as regras para a utilização do Fundo Social Europeu em ações concretas, entre 2014 e 2020.