A Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) vai hoje a eleições para o triénio 2016/2018, numa corrida disputada por quatro listas que concorrem a todos os órgãos sociais e uma que se candidata apenas ao Conselho Geral.

As quatro listas que concorrem a todos os órgãos sociais são lideradas pelo atual presidente do grupo, Tomás Correia, pelo economista Eugénio Rosa, pelo gestor António Godinho e pelo presidente da União das Mutualidades Portuguesas, Luís Alberto Silva. Já a lista liderada por Manuel Ferreira candidata-se apenas ao Conselho Geral.

Durante a campanha, as listas que se opõem a Tomás Correia criticaram a gestão feita por este nos últimos anos, que acusam de vários erros, e consideraram ser urgente uma renovação no grupo.

Já Tomás Correia defendeu que a sua gestão foi a que melhor defendeu as poupanças dos mais de 600 mil associados e disse que quer fazer do Montepio o "motor da economia social" em Portugal.

Os associados do Montepio que puderem votar em Lisboa têm uma urna física, enquanto os outros terão de votar por correspondência, tendo as cartas com os votos que chegar até hoje.

Os resultados das eleições deverão ser conhecidos hoje à noite ou na madrugada deta quarta-feira para quinta-feira.

A Associação Mutualista é o topo do Grupo Montepio, fazendo parte deste grupo a Caixa Económica Montepio Geral, o chamado banco mutualista.