crescimento de 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) e uma taxa de desemprego de 13,4% no próximo ano