Os funcionários públicos com filhos até três anos também podem pedir para trabalhar a partir de casa, ao abrigo do novo regime de teletrabalho que entrou este domingo em vigor, escreve o Jornal de Negócios.

Os juristas especializados na área sublinham que o empregador não pode opor-se ao pedido do trabalhador, desde que estejam cumpridos os requisitos. Mas este não é um direito absoluto, ou seja, os trabalhadores que têm de trabalhar em determinado local não o poderão solicitar (médicos, por exemplo).

O teletrabalho foi regulamentado no acordo coletivo de carreiras gerais, de 2009, mas segundo a Fesap, a sua utilização tem sido quase nula.