A Comissão Europeia retirou hoje a sua proposta sobre o fim das taxas de roaming previsto para junho de 2017, seguindo instruções dadas pelo seu presidente, Jean-Claude Juncker, devendo um novo texto ser apresentado nos próximo dias.

“Tendo em conta o feedback recebido, o presidente Juncker deu instruções aos serviços para retirarem o texto e trabalharem numa nova proposta”, disse um porta-voz do executivo europeu.

Alexander Winterstein reiterou que as taxas cobradas para a utilização do telefone móvel e dados noutro Estado-membro irão terminar na data prevista, garantindo que uma nova proposta será apresentada a curto prazo.