A Meo já está em negociações com outras equipas da Primeira Liga para assinar novos contratos, apurou a TVI.

A operadora, que é detida pela PT Portugal, concretizou o negócio de 457,5 milhões de euros pela exclusividade dos direitos de transmissão dos jogos em casa do Futebol Clube do Porto, ao longo de dez anos, a partir de 2018. Vai ainda patrocinar as camisolas do clube já  a partir de 2016.
 
Foi a resposta da PT, dona da Meo, à ofensiva da nos que fez negócio com a SAD do Benfica. A operadora participada pela Sonae e por Isabel dos Santos vai pagar 400 milhões de euros pela exclusividade dos direitos televisivos. O acordo tem a duração de três anos mas pode ir até dez anos se qualquer uma das partes decidir renovar o negócio. 
 
Os dois contratos, da Meo e da Nos, somam quase 900 milhões de euros, mas não vão ficar por aqui. Para além dos negócios que estão em vias de serem concretizados com clubes mais pequenos da primeira liga, falta ainda a SAD do Sporting, que ainda não concretizou oficialmente qualquer contrato.