A indefinição está a ser a maior ameaça ao negócio da PT Portugal. Os fornecedores e parceiros da empresa sentem-se em stand-by e apelam a uma decisão rápida, escreve o Jornal de Negócios.

O negócio da PT Portugal continua a fazer-se, mas as indefinições relacionadas com o futuro da empresa têm colocado alguns travões, admite a Associação Nacional das Empresas das Tecnologias de Informação e Elétronica.

Internamente, o presidente do sindicato dos trabalhadores da PT admite que pode haver algum abrandamento, mas garante que a PT não está paralisada. Pese embora o estado anímico dos trabalhadores nãoo sejam o melhor.