“Em 2015, acho que vamos chegar aos 700 pedidos de filmagem. Temos sempre vindo a notar um crescimento desde 2012”, disse à agência Lusa a coordenadora executiva da Lisboa Film Commission, Rita Rodrigues.



Em 2012, “registavam-se cerca de 200 pedidos de filmagens […], portanto houve um crescimento de quase 200%, o que é uma coisa enorme”, observou Rita Rodrigues.





“A cidade também ganha porque estamos a criar empregos, a dinamizar a economia local e a gerar novas competências nas indústrias criativas e culturais”, adiantou.









“Os moradores dos prédios foram consultados para saber se nos deixavam utilizar a fachada do prédio deles como cenário natural”, acrescentou.



“Depois, como em todo o lado, há o reverso da medalha. Há uns que são assim mais empedernidos e que não nos gostam muito de ver ocupar tanto espaço na via pública ou de ter tanto barulho à porta”, contou.