O Fundo Monetário Internacional (FMI) saudou a descida da taxa de juro decidida pelo Banco Central Europeu (BCE) e considerou que se trata de uma decisão «totalmente justificada» tendo em conta a frágil recuperação na Zona Euro.

Segundo o porta-voz do FMI, Gerry Rice, a decisão pode permitir apoiar um crescimento «frágil» quando se prevê a saída da recessão da zona euro em 2014.

«As perspetivas permanecem complicadas», afirmou Rice, garantindo que o FMI está atento aos riscos de deflação na região, epicentro da crise da dívida.

«A inflação na zona euro caiu recentemente com pressões deflacionistas que se intensificam nalguns países periféricos», indicou o porta-voz.

Questionado sobre se o BCE deve ponderar outras medidas, Rice afirmou que é preciso avançar por etapas e esperar para avaliar as consequências desta descida das taxas de juro.