Foram 17 anos à frente da TAP. Na hora de deixar a presidência, Fernando Pinto é elogiado pelo Governo. O Ministério do Planeamento e das Infraestruturas emitiu um comunicado para expressar um "inequívoco agradecimento" e também para indicar que a Parpública vai propor a recondução dos seis membros do Conselho de Administração indicados pelo Governo.

No momento em que Fernando Pinto cessa funções como presidente da Comissão Executiva, o Governo manifesta o seu inequívoco reconhecimento pelo papel que desempenhou no equilíbrio e desenvolvimento da TAP na última década e meia”.

Na Assembleia Geral da TAP, SGPS SA marcada para 31 de janeiro, o Governo, através da Parpública, vai propor a recondução dos membros do Conselho de Administração escolhidos pelo Governo, já que o Estado detém 50% da transportadora:

  • Miguel Jorge Reis Antunes Frasquilho (presidente)
  • Ana Pinho Macedo Silva
  • António José Vasconcelos Franco Gomes de Menezes
  • Bernardo Luís Amador Trindade
  • Diogo Campos Barradas de Lacerda Machado
  • Esmeralda da Silva Santos Dourado.

Fernando Pinto terá como sucessor Antonoaldo Neves, um gestor de 42 anos, com dupla nacionalidade (brasileira e portuguesa), mais de 25 anos de experiência no setor e que já integrava o Conselho de Administração e a Comissão Executiva da TAP, enquanto Chief Commercial Officer, além de ter participado no processo de privatizaçãom informa a companhia.

A Assembleia Geral de 31 de janeiro irá dar luz verde ao sucessor de Fernando Pinto. Será eleita uma nova Comissão Executiva, a qual, de acordo com o Acordo Parassocial da empresa, será designada pelos acionistas privados após consulta ao Estado.