Os pedidos semanais de subsídio de desemprego nos Estados Unidos aumentaram em 24 mil na semana passada e ficaram em 329 mil, o número mais alto em três semanas, informou o Departamento do Trabalho.

Na semana anterior tinham sido recebidos 305 mil pedidos e a maioria dos analistas esperava que estes subissem para 315 mil.

A média de pedidos em quatro semanas, um indicador mais fiável, subiu em 4.750, quando uma semana antes tinha ficado no nível mais baixo dos últimos seis anos.

Na semana que terminou a 10 de abril, o número de pessoas que recebiam cheques de subsídio de desemprego pagos pelos Estados tinha diminuído em 61 mil e ficado em 2,68 milhões, o nível mais baixo desde dezembro de 2007, antes do início da crise.