Os pedidos de subsídio de desemprego caíram nos EUA, na semana passada. O número fixou-se nos 294 mil requerimentos, baixando em 4 mil, informou o Departamento do Trabalho norte-americano.
 
No entanto, o valor hoje conhecido ficou ligeiramente acima das estimativas dos analistas (290 mil).
 
A taxa de desemprego nos Estados Unidos tem vindo a descer nos últimos anos. Desde setembro que o número de requisições de subsídios de desemprego tem estado abaixo dos 300 mil, o que leva à reestruturação do mercado de trabalho.

Em relação às prestações de desemprego atribuídas de forma continuada, a subida foi de 101 mil na penúltima semana do ano passado. Cerca de 2 milhões de pessoas beneficiou com este aumento.

Depois de conhecido o número dos pedidos e a recuperar de quedas recentes, os mercados norte-americanos seguem no verde. Às 15h50 (hora de Lisboa), o Dow Jones segue a subir 1,4% e o Nasqad a valorizar 1,6%.