Os novos administradores do Novo Banco deverão entrar em funções esta quarta-feira.

A TVI sabe que Eduardo Stock da Cunha e a sua equipa foram já aprovados pelo Banco de Portugal. O regulador considera que os novos nomes cumprem todos os critérios e por isso podem ocupar os lugares que pertenciam à equipa de Vítor Bento.

Saída de Vítor Bento vai ser explicada ao Parlamento

Novo Banco fecha venda da Tranquilidade à Apollo

Para além de Stock da Cunha, entram Jorge Cardoso, Vítor Fernandes e José João Guilherme.

A equipa de gestão do Novo Banco liderada por Vítor Bento confirmou, este sábado, em comunicado, que durante a semana apresentou ao Fundo de Resolução e ao Banco de Portugal a intenção de renunciar aos cargos desempenhados na administração da entidade. Vítor Bento, José Honório e João Moreira Rato anunciam assim que renunciaram aos cargos.

Já esta segunda-feira, Vítor Bento escreveu aos colaboradores e clientes da instituição, justificando a saída do Conselho de Administração e destacando o «profissionalismo» e «experiência» do seu sucessor.

«Estou convicto de que esta mudança ocorre no momento mais oportuno para o efeito», escreve Vítor Bento na comunicação interna aos colaboradores, a que a Lusa teve acesso, acrescentando que «estão praticamente resolvidas as questões mais complexas e desgastantes da transição do regime do Banco».