A agência de notação financeira Standard & Poor's manteve esta sexta-feira o rating de Portugal em BB, mas elevou a perspetiva de «estável» para «positiva» em virtude da esperada recuperação da economia no país.

Em nota esta sexta-feira divulgada, a agência diz projetar para os próximos 12 meses uma subida do rating de Portugal, daí elevar a perspetiva nesta fase.

Tal subida deverá verificar-se se se concretizar uma subida real da economia e uma maior consolidação das contas públicas da parte do Governo, prossegue a Standard & Poor's.

A dívida pública portuguesa, acredita a entidade, deverá caír para 113% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018.

«Acreditamos que a melhoria do desempenho económico, apoiado na recuperação da procura interna e redução gradual nos [números de] subsídios de desemprego, contribuam para a redução do défice em 2015», frisa ainda a agência de 'rating'.

Segundo a Standard & Poor's, na informação divulgada na página da agência na Internet, o 'rating' 'BB' indica que a entidade avaliada é «menos vulnerável no curto prazo mas enfrenta grandes incertezas em curso ligadas a condições económicas e financeiras e a negócios adversos».