O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL) disse hoje que o Governo não planeia avançar com qualquer processo de privatização das águas mas prevê uma restruturação do setor.

De acordo com a sindicalista Fátima Amaral, a tutela transmitiu numa reunião hoje ao início da noite com o STAL que «não tem qualquer intenção de privatizar ou concessionar as águas», mas que vai restruturar o sector.

«Eles [Governo] dizem que não privatizam, mas em relação aos resíduos sólidos a história é outra. Dizem que é um setor em que o mercado já está muito aberto a privados», apontou.

Uma delegação do STAL esteve reunida com o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira, para discutir com a tutela o futuro do setor das águas e dos resíduos sólidos

«Já há vários meses que tínhamos solicitado uma reunião com o ministério para sabermos qual é a estratégia do Governo para as águas e os resíduos, mas só hoje é que fomos recebidos», explicou Fátima Amaral.