Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae Investimentos veio confirmar os resultados positivos alcançados

Ao longo dos primeiros seis meses de 2016, o volume de negócios consolidado da Sonae Investimentos totalizou 2.353 milhões de euros, o que corresponde a um acréscimo de 4,5% face ao verificado no período homólogo do ano anterior", informou a empresa.

De acordo com a Sonae Investimentos, o retalho alimentar e não-alimentar foram em muito responsáveis pelos bons resultados alcançados.

Esta evolução beneficiou do aumento da contribuição da Sonae MC e Sonae SR que mais que compensou o decréscimo do volume de negócios da Sonae RP resultante das operações de Sale & Lease Back (S&LB) que ocorreram durante 2015 e 1Q16 [primeiro trimestre de 2016]", refere o comunicado.

O resultado operacional (EBIT) totalizou 75 milhões de euros, diminuindo 4 milhões de euros quando comparado com os primeiros seis meses de 2015, decrescendo a margem 0,3 pontos percentuais para 3,2%.

No final de junho, a Sonae Investimentos detinha um portefólio global de 1.416 lojas, a que correspondia uma área de venda de 1.123 mil m2. Durante o período a empresa continuou a desenvolver a sua rede de lojas nos mercados nacionais e internacionais.

A Sonae SR continuou a consolidar a sua rede de lojas e detinha, em particular, 180 lojas fora de Portugal, incluindo 66 sob regime de 'franchise'.