Algumas dezenas de trabalhadores da TAP iniciaram hoje, às 12:30, uma marcha de protesto em silêncio contra a greve de dez dias dos pilotos, que se inicia na sexta-feira, constatou a Lusa.

A marcha teve início junto à portaria da sede da companhia aérea e termina com uma concentração junto ao terminal dos tripulantes, com passagem pelas chegadas e partidas do aeroporto da Portela, em Lisboa.

Os pilotos da TAP marcaram uma greve, entre 01 e 10 de maio, por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em dezembro de 2014, nem um outro, estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação no capital da empresa no âmbito da privatização.