O cenário mais provável no interior da administração fiscal é que os trabalhadores por conta de outrem e pensionistas terão direito a cerca de 8,5% de crédito fiscal da sobretaxa em 2016, escreve o Diário Económico.

A Direção Geral do Orçamento divulga esta quarta-feira a execução orçamental até outubro, esperando-se que o Governo atualize a projeção para a devolução da sobretaxa.

As contas que circulam na Autoridade Tributária têm por base a estimativa de que a receita do IVA e IRS até dezembro vai crescer a um ritmo semelhante a 2014. A concretizarem-se as previsões, os contribuintes poderão reaver cerca de 65 milhões dos 760 milhões de euros que estão a pagar de sobretaxa, equivalente a 3,5% do IRS.

A estimativa da AT fica, ainda assim, aquém das previsões avançadas pelo Governo quando começou a divulgar os cálculos de reembolso da sobretaxa em julho, apontando então para um crédito fiscal de 19%. Mas em outubro a estimativa de reembolso caiu de forma abrupta para 9,7%.