A Autoridade Tributária nega a existência de problemas esta quarta-feira no sistema informático das repartições de Finanças, contrariando afirmações do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos.

O esclarecimento foi emitido pela AT em comunicado divulgado pouco depois de o presidente do STI, Paulo Ralha, ter confirmado problemas informáticos nas repartições, denunciados à Lusa ao início da manhã por alguns contribuintes.

«De acordo com a informação prestada pela Autoridade Tributária e Aduaneira, não houve indisponibilidade do sistema informático em qualquer dos seus serviços no dia de hoje», lê-se numa nota do Ministério das Finanças, que tutela a AT, enviada à Lusa.

Paulo Ralha, poucas horas antes, tinha esclarecido à Lusa que os contactos feitos junto de outros sindicalistas mostravam existirem problemas informáticos em repartições, não só de Lisboa, mas do norte ao sul do país.
«Os problemas no sistema informático são um problema recorrente e, apesar de todos os desmentidos, persiste em acontecer», afirmou Paulo Ralha.