A agência de notação financeira Moody's considera que a venda do Novo Banco deverá ser feita abaixo do preço inicialmente expectável, colocando pressão sobre o resto do sistema bancário, que poderá ser chamado a arcar com custos.

Os analistas da Moody's que seguem o sistema bancário português publicaram hoje um relatório sobre a situação dos bancos que operam em Portugal e a relação com as entidades reguladoras do sistema.

"Os riscos para o sistema bancário incluem a probabilidade de que a venda do Novo Banco resulte em proveitos abaixo do esperado, o que poderá levar o resto do sistema bancário a suportar a diferença", refere a empresa que avalia o risco de crédito citada pela Lusa.

O Novo Banco - o banco de transição que ficou com os ativos e passivos considerados não problemáticos do BES - está em processo de venda, tendo os interessados em adquirir a instituição apresentado propostas até final do passado mês de junho.

O Banco de Portugal já assegurou que recebeu várias propostas não tendo contudo relevado de quem se tratam.