A taxa de inflação homóloga na zona euro deverá situar-se nos 0,5% em maio. Este valor baixa em relação ao valor provisório de abril.

O gabinete oficial de estatísticas da União Europeia revelou, esta terça-feira, que o setor dos serviços é o que teve uma taxa mais elevada no mês de maio (1,1% face ao 1,6% em abril).

A alimentação, álcool e tabaco tem o segundo maior crescimento passando de 0,1% em maio contra 0,7% em abril.

Já os setores dos bens industriais e da energia registaram uma taxa de 0% respetivamente (em abril os valores eram de 0,1% e -1,2% em abril).

Desde dezembro de 2013 a taxa de inflação homóloga tem vindo a crescer. Confira o gráfico abaixo.