O secretário de Estado dos Transportes disse esta quarta-feira que o Governo aguarda um momento em que haja «suficiente ambiente competitivo» para reabrir o processo de privatização da TAP, enaltecendo o interesse «que aparentemente existe» na companhia aérea portuguesa.

«Reiteramos a vontade de, no momento em que houver suficiente ambiente competitivo, podermos reabrir o processo através da aprovação do decreto-lei e respetivas regras em Conselho de Ministros», disse Sérgio Monteiro em declarações aos jornalistas no parlamento.

Também o ministro da Economia mostrou-se hoje «agradado»com as manifestações de interesse na TAP.

O governante falava no dia em que diversos jornais avançam que há novos interessados na empresa, entre os quais o norte-americano Frank Lorenzo, antigo acionista e presidente da Continental Airlines.

Sérgio Monteiro escusou-se a confirmar se existe um interesse concreto de novos investidores, sublinhando, contudo, que o executivo «tem mantido contactos com muitos investidores em muitas áreas» em visitas e roadshows de diferentes governantes no estrangeiro.