Mais 9.381 pessoas perderam o Rendimento Social de Inserção (RSI) entre agosto e setembro, totalizando 255.501 beneficiários.

De acordo com os dados da Segurança Social (ISS), citados pela Lusa, em setembro havia 255.501 pessoas a receber o Rendimento Social de Inserção, contra os 264.882 beneficiários desta prestação social no mês de agosto, o que significa uma diminuição de 3,6%.

Esta tendência verifica-se desde que entraram em vigor as novas regras de atribuição das prestações sociais e já fez com que desde julho de 2012 mais de 45 mil pessoas perdessem o direito a receber o RSI.

Em relação ao período homólogo do ano passado, em que existiam 291.631 beneficiários, 36.130 pessoas deixaram de ter acesso a esta prestação social, o que representa uma redução de 14%.

Os dados do ISS, atualizados a 01 de outubro e hoje divulgados, referem que o maior número de beneficiários do RSI encontra-se no distrito do Porto (72.403), seguindo-se Lisboa (50.477), Setúbal (21.091) e os Açores (18.831).

É também nos distritos do Porto e Lisboa que se concentra o maior número de famílias a beneficiar deste apoio, com 29.880 e 20.918, respetivamente.

No total, 103.862 famílias beneficiavam deste apoio em setembro, menos 3.863 em relação a agosto.

Segundo o ISS, o valor médio por beneficiário aumentou de 83,07 euros, em agosto, para 83,49, em setembro, enquanto por família passou de 242,01 para 243,23 euros.