O Estado português atribuiu cerca de 290 mil prestações de desemprego em abril, um valor que representa uma redução face a março e relativamente ao mesmo mês de 2014, segundo os últimos dados divulgados pela Segurança Social.

De acordo com os últimos números disponibilizados na página da Segurança Social na internet (www.seg-social.pt), em abril existiam 290.028 beneficiários de prestações de desemprego, face aos 299.963 existentes em março.

Em termos homólogos, o número de beneficiários também diminuiu, já que em abril de 2014 estas prestações de desemprego abrangiam 356.371 pessoas.

Os números da Segurança Social incluem o subsídio de desemprego, subsídio social de desemprego inicial, subsídio social de desemprego subsequente e prolongamento do subsídio social de desemprego.