O Governo nomeou Paula Salgado para o lugar de presidente da direção do Instituto de Informática da Segurança Social, um cargo que se encontrava vago há dois anos, disse à Lusa fonte do Ministério do Trabalho.

Assim, o novo Conselho Diretivo do Instituto de Informática, nomeado em regime de substituição, será composto por Paula Margarida Barrocas Salgado (presidente), João Pedro de Aleluia Gomes Sequeira (vice-presidente) e Carla Sofia Sobral da Costa (vogal), indicou o ministério liderado por Vieira da Silva, depois de questionado pela Lusa sobre as nomeações para a direção do Instituto.

De acordo com a tutela, “o atual Conselho Diretivo do Instituto de Informática, I.P., da Segurança Social, encontrava-se em regime de substituição. Acresce ainda o facto do lugar de Presidente do Conselho Diretivo do Instituto de Informática, I. P. se encontrar vago, desde 14 de fevereiro de 2014, tornando-se assim urgente proceder à nomeação de titular, a fim de garantir o normal e eficaz funcionamento deste serviço”.

 

Com o objetivo de “imprimir uma nova dinâmica e orientação para este Instituto Público, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social nomeia, com efeitos a partir de 08 de fevereiro de 2016, um novo presidente do Conselho Diretivo do Instituto de Informática, I.P., da Segurança Social. Nomeia, igualmente, com efeitos a partir de 15 de fevereiro de 2016, um novo Vice-presidente e um novo Vogal para o mesmo instituto”.

Os atuais membros cessantes do Conselho Diretivo do Instituto de Informática, I.P. (vice-presidente e vogal) estavam nomeados em regime de substituição desde 01 de setembro de 2012, tendo a Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP) remetido para a tutela, a 29 de março de 2014, propostas de designação, mas que nunca foram decididas pelo anterior Governo, explicita o ministério.

Essas propostas ficaram sem efeito com a anulação dos respetivos procedimentos concursais no âmbito da CReSAP, face à nova redação do disposto no nº4 do artigo 18º, da Lei nº2/2004, de 15 de janeiro, dada pela Lei n.º 128/2015, de 03 de setembro.

Paula Salgado, presidente, é licenciada em Economia e era, desde 2012, dirigente do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas. Em 2009, foi nomeada como assessora técnica do gabinete do então secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques.

João Pedro Sequeira, nomeado vice-presidente, é licenciado em Direito, desempenhava as funções de assessor Jurídico do Conselho de Administração da Fundação Portuguesa das Comunicações, em representação da ANACOM. Foi deputado do PS, eleito pelo círculo de Santarém, entre 1999 e 2002 e entre 2009 e 2011. Foi vereador na câmara de Rio Maior e vice-presidente do Instituto de Desporto de Portugal.

Por fim, a vogal Carla Sofia Costa é licenciada em engenharia informática e era assessora de Direção do Projeto de Modernização do Bilhete de Identidade e Informatização do Registo Criminal em Angola.